Um perfil inflamatório tem sido associado à progressão de sintomas neurológicos na Síndrome de Down (Wilcock and Griffin, 2013). Alguns fatores contribuem para a neuroinflamação como a disbiose intestinal (Daulatzai, 2015), a disfunção mitocondrial e a carência de coenzima Q10 (Zaki et al., 2017). A suplementação de probióticos e coenzima Q10 são algumas das estratégias para a redução dos danos em pessoas com Síndrome de  Down (Tiano and Busciglio, 2011Tiano et al., 2011).

Neuroinflammation.jpg
Aprenda mais no curso Online Nutrição na Síndrome de Down. Desconto de 80% com o cupom aTiva21.