Estima-se que 270 mil brasileiros tenham síndrome de Down (SD). A trissomia do cromossomo 21 provoca alterações metabólicas, físicas e cognitivas. Por isso, o atendimento de saúde especializado e intervenções interdisciplinares precoces devem ser garantidas pois ampliam o desenvolvimento motor, cognitivo, sensitivo, social e escolar das crianças com SD. Síndrome dignifica “reunião”. Pessoas com SD possuem um conjunto de sinais e sintomas que precisam ser acompanhados.

Fenótipo da Síndrome de Down

Alterações clínicas comuns em indivíduos com síndrome de Down

A má informação a respeito da síndrome segrega e aumenta os estigmas, no ambiente escolar, familiar e até entre profissionais de saúde.

Visando contribuir para a ampliação do conhecimento na área, o Instituto de Educação e Pesquisa em Saúde e Inclusão Social (IEPSIS) reuniu profissionais importantes e lançou o Guia de Abordagem Transdisciplinar na Trissomia do 21. O mesmo pode ser baixado gratuitamente pelo site ativa21.com.br/guia-t21/